O que é esse tal de (developer) advocate?

- 4 mins

Notas mentais de um developer advocate …

Quem me conhece sabe que, a muitos anos, eu considero o trabalho do Scott Hanselman, como o trabalho dos sonhos (sim, sou fã de carteirinha dele).

Scott é desenvolvedor, professor, palestrante e trabalha na Microsoft. Segundo ele mesmo, desde que foi contratado suas principais funções são:

“(…) talk about .NET and Visual Studio … This means videos, screencasts, podcasts, maybe some Channel 9 stuff, doing articles, wikis, speaking at conferences and large events …, creating starter kits, samples, as well as my regular hobby of plugging things into other things. I’ll also be working on understanding our community”

(em português)

“(…) falar sobre .NET e Visual Studio … Isso significa fazer videos, screencasts, podcasts, algumas coisas no Channel 9, escrever artigos, wikis, falar em conferências e grandes eventos …, criar starter kits, exemplos, assim como meu hobby pessoal de colocar coisas dentro de outras coisas. Eu vou também trabalhar para entender nossa comunidade”

Desde a época da faculdade, sempre gostei de ir a eventos, ouvir as pessoas que adimiro (ou aquelas que nunca ouvi falar e encantam quando contam alguma história), escrever sobre qualquer tipo de aprendizado, apresentar minhas descobertas e falar em público.

Ensinar é realmente uma atividade que me motiva. Pode parecer besteira, mas uma das melhores sensações durante uma apresentação é ver que algo que você está dizendo, de alguma forma, impactou positivamente, ao menos uma pessoa na plateia. [[Colocar duas fotos dos postits aqui (Maguilao e Botcamp POA)]]

Ao longo dos últimos dois anos (2017 e 2018), começei a me esforçar ainda mais para a realizar atividades que me trazem esse tipo de recompensa. Em cada uma delas evolui em algum aspecto. Aprendi o que dizer (e principalmente o que nunca dizer), descobri uma cidade (ou país) diferente, me desafiei, acertei, errei, mas principalmente ajudei e fui ajudado de alguma forma.

(Falar sobre as acoes aqui com fotos dos crachás)

Felizmente, por obra do acaso (ou destino para os mais superticiosos), o meu momento profissional se alinhou muito ao momento da empresa em que trabalho (Take). De repente, ficou claro que ter alguém para conversar e ajudar os usuários (desenvolvedores/clientes) e empresas, a respeito do “nosso” produto (BLiP), era uma atividade importante. Desde então (início de 2018), assumi o papel de developer advocate.

Mas afinal, o que faz um (developer) advocate?

Confesso, até algum tempo atrás não conhecia, a fundo, o trabalho das pessoas cujo o cargo é denominado advocate. Obs.: O mercado possui diversas nomenclaturas para papéis parecidos com o de advocate. Algumas empresas usam, por exemplo, o termo evangelista para posições similares.

Com o objetivo de entender um pouco mais sobre esse “novo” papel, iniciei uma pesquisa para tentar entender como é o dia a dia desses profissionais. Pesquisei e conversei com pessoas que trabalham em empresas reconhecidas por trabalhar muito próximo a comunidade de desenvolvedores (e usuários), como: Google, IBM, Microsoft, RedHat, Oracle entre outras. Durante as várias conversas, encontrei pontos em comum e algumas divergências de atividades de acordo com o perfil de cada empresa.

Developer advocate é o profissional que trabalha para uma organização, dententora de um produto (ou tecnologia), ajudando no processo de educação do mercado. é um aliado dos desenvolvedores que utilizam um determinado produto (ou tecnologia). Ele trabalha para educar uma comunidade de usuários sobre as melhores práticas “

, ou seja, tornar simples o processo de aprendizado de

Minha definição está pautada nos pontos detalhados abaixo.

* Propagar uma mensagem

• Exercitar a paciência

acho que esse é um dos requisitos básicos para assumir um papel de developer advocate. Você lidará com profissionais técnicos e não técnicos com diferentes niveis de conhecimento (bons, medianos e mediocres). Além disso, invariavelmente você precisará ajudar pessoas que não tem facilidade de aprender através de conteudos (textos, videos e exemplos). Algumas pessoas, simplesmente, só aprendem através de uma consulta a outros profissionais.

• Tem que se garantir tecnicamente

Diferente de um vendedor comum (sem preconceitos, estou me referindo apenas à pessoas das áreas de negócio, em geral, que não dominam aspectos técnicos), um advocate lida diretamente com pessoas técnicas - na maior parte das vezes desenvolvedores. Já imaginou a perda de credibilidade ao ser questionado sobre perguntas técnicas e ser obrigado a sempre dar respostas vagas? É obvio que nem sempre você terá as respostas, mas ter domínio técnico é essencial.

[Ja participei de reunião em que o provavel futuro cliente (perfil tecnico e esclarecido) começou a reunião querendo que eu detalhasse os motivos pelo qual ele deveria usar o que eu estava querendo vender, uma vez que boa parte dos concorrentes ja possuiam features parecidas.]

• Dominar os produtos que defende -

• Ter uma visao critica e analitica

Rafael Pacheco

Rafael Pacheco

Just another guy that learn all the days

comments powered by Disqus
rss facebook twitter github gitlab youtube mail spotify lastfm instagram linkedin google google-plus pinterest medium vimeo stackoverflow reddit quora quora