Minhas primeiras impressões sobre o botathon CPBr10

Minhas primeiras impressões sobre o botathon CPBr10

- 4 mins

No último fim de semana (02/02/17 a 04/02/2017), participei da Campus Party Brasil 2017 - CPBr10, a convite do Facebook, como mentor de seu 1° Botathon (hackathon para construção de chatbots). O convite aconteceu devido a uma parceria existente entre a take (empresa que trabalho) e o próprio Facebook. O objetivo principal do botathon foi divulgar o Messenger como principal plataforma para o desenvolvimento de chatbots.

Para auxiliar os participantes durante o evento, o Facebook convidou as principais empresas brasileiras no assunto de chatbots: Take, Calamar, Robosim, Movile e Superare. Por ser um dos desenvolvedores do BLiP, a plataforma da take para construção de chatbots, estive presente para auxiliar os participantes em dúvidas técnicas.

Mentores do evento

O evento contou com 400 inscritos (entre designers, desenvolvedores, linguistas, DJ e profissionais de outras áreas), divididos em 95 equipes. Segundo a organização do próprio Facebook, o evento contou com o envolvimento de mais de 80.000 pessoas \o/.

Evento

Durante as 40 horas do hackathon tive varias experiências positivas. Troca de ideias, networking, feedbacks positivos e negativos sobre nossa plataforma e muito aprendizado. Alem disso tive o prazer de conhecer pessoas super legais e atenciosas, que vem contribuindo muito para a expansão do ecossistema de chatbots no Brasil, como o Thiago Ueda (da Movile), Rafael Amorim (da Robosim), o Dário dal Piaz (do Facebook) entre outras.

Especialmente para a Take o evento serviu como mais uma grande oportunidade de validação da plataforma BLiP com seus principais clientes, os desenvolvedores.

Evento

Ao longo do evento presenciei o desenvolvimento de várias ideias interessante, algumas ficaram apenas no papel e outras foram construidas até o final, com a produção de chatbots incríveis. Os principais destaques, na minha opinião, foram os bots: MigoBot, DietaBuddy (do Joselito), BB8 (Num Pulo), Muziks além do grande vencedor o PrefeitoBot. Destes, apenas o MigoBot não foi classificado para a final, mas deixo aqui o meu reconhecimento ao grande trabalho da equipe. Quem quiser conhecer mais sobre o MigoBot clique aqui.

A importância de uma equipe multidisciplinar na construção de um chatbot, que realmente faça a diferença para os usuários, ficou evidente com o trabalho da equipe DrNutrix, que era composta por exemplo, por uma estudante de nutrição, uma linguísta e um dev. Ficou evidente a contribuição de cada integrante ao analisar o resultado final do designer da conversa.

Evento

O chatbot BB8, da equipe Num Pulo, deixou claro que os chatbots realmente podem resolver vários problemas atuais das empresas. Sua função é melhorar a forma como o projeto Num Pulo comunica com seus clientes, facilitando a interação e consequentemente reduzindo os custos operacionais da empresa. Não tenho dúvidas que, assim como o Num Pulo, diversas outras empresas ainda vão melhorar a forma de interação com seus clientes através dos chatbots.

Por ser um desenvolvedor e gostar muito dos desafios do desenvolvimento de software, achei fantástico o resultado final do chatbot DietaBuddy. O Joselito (desenvolvedor e membro único de sua equipe), foi muito feliz ao integrar diferentes APIS - reconhecimento de imagens e linguagem natural, para produzir seu chatbot. O resultado final foi incrível e pessoalmente acho que nenhum outro chatbot foi tão “inteligente” quanto o dele. Tanto trabalho lhe rendeu inclusive um super convite para trabalhar no Banco Original. Parabéns garoto!!!

Evento

O grande vencedor (merecidamente, diga-se de passagem), foi a equipe do PrefeitoBot, que soube unir, de maneira fantástica, as vantagens da tecnologia à uma ideia de impacto social. O PrefeitoBot tem o objetivo de facilitar a relação entre os moradores e os serviços públicos de uma cidade. Além de manter os cidadãos melhor informados, o bot possibilita que qualquer pessoa solicite serviços ou faça denúncias sobre problemas em suas comunidades. As features do PrefeitoBot contribuem, e muito, para a construção de cidades cada vez mais inteligentes.

Uma das principais preocupações da equipe do BLiP é facilitar a vida do desenvolvedor, tornando o processo de criação dos bots o mais simples possível. Fico muito feliz em saber que estamos caminhando na direção correta, com extensões e SDKs que realmente ajudam o desenvolvedor. Percebi ainda, que mesmo com todos os nossos esforços diários, ainda podemos melhorar em alguns pontos, como em nossa documentação. Exemplos e tutoriais autoexplicativos podem ser uma saída. Todos os feedbacks foram excelentes e servem de combustível para nos mantermos focado em direção as nossas metas.

Acredito que a partir de agora, cada um dos participantes do botathon tem um importante papel de evangelização, mostrando as vantagens e pontos de atenção dos chatbots a toda a comunidade brasileira. Agradeço mais uma vez ao Facebook pela oportunidade de participar do evento e mais ainda a todos os presentes que de alguma forma me ajudaram a crescer ainda mais como profissional. A troca de experiências com cada um de vocês foi incrível, muito obrigado!

Obs.: Este texto contou com a ajuda do Caio Calado (medium link), a quem eu quase sempre recorro quando o assunto é chatbot.

Obs.2: Todas as fotos super legais também foram fotografadas pelo Caio Calado ;)

Rafael Pacheco

Rafael Pacheco

Just another guy that learn all the days

comments powered by Disqus
rss facebook twitter github youtube mail spotify lastfm instagram linkedin google google-plus pinterest medium vimeo stackoverflow reddit quora